Saltar al contenido
VENTOS

Conhecemos a versão 2020 da Ducati Panigale V4 R, uma bicicleta para assaltar a Superbike Mundial.

03/14/2020

As apresentações das equipas do Campeonato do Mundo de Superbikes continuam a seguir-se umas às outras. É a vez da Aruba Ducati, a grande alternativa à Kawasaki no Campeonato do Mundo de 2020. A decoração da moto não apresenta grandes novidades, mas conseguimos ver a nova grande arma da Ducati, Scott Redding.

, Conhecemos a versão 2020 da Ducati Panigale V4 R, uma bicicleta para assaltar a Superbike Mundial., VENTOS, VENTOS

O cavaleiro britânico, que vem substituir Álvaro Bautista na Ducati, usou as cores da marca Borgo Panigale no circuito Imola, onde a equipa tem voado. Redding é a grande aposta da Ducati para quebrar a tirania de Jonathan Rea e Kawasaki, que já acumularam cinco campeonatos mundiais consecutivos.

Scott Redding foi a grande notícia na apresentação no Imola

A Ducati parecia que ia ganhar a Superbike Mundial no ano passado, depois que Álvaro Bautista venceu as primeiras onze corridas consecutivas. Mas de repente houve um apagão sem precedentes, e Rea fez a diferença em um flash para ganhar sua quinta sequência.

Ao lado de Redding estava Chaz Davies, que tem de subir ao prato depois de uma temporada bastante hesitante. Apesar de seu fraco desempenho em 2019, o britânico é um dos poucos pilotos que manteve o controle sobre as grandes equipes, ao lado de Rea, Tom Sykes e Michael Van der Mark.

, Conhecemos a versão 2020 da Ducati Panigale V4 R, uma bicicleta para assaltar a Superbike Mundial., VENTOS, VENTOS

Mas a esperança é Scott Redding. O piloto britânico deixou os seus próprios fãs admirados nos últimos dias no circuito de Cheste, onde pilotou uma Ducati Panigale V4 S, praticamente uma moto de rua com a qual Redding esteve a 3,4 segundos da volta mais rápida de uma moto de MotoGP em 2019. Incrível.